Escritores e livros de Literatura Portuguesa

Poesia

Adolfo Casais Monteiro,
Afonso Lopes Vieira,
Al Berto António Botto,
António Franco Alexandre,
António Maria Lisboa,
Casimiro de Brito,
Florbela Espanca,
Gastão Cruz,
João de Deus,
João Miguel Fernandes Jorge,
João Rui de Sousa,
Joaquim Manuel Magalhães,
José Régio,
Luísa Neto Jorge,
 Mário Cesariny Vasconcelos,
 Miguel Torga,
 Nuno Júdice,  
Raul de Carvalho,
 Ruy Cinatti,
 Sebastião da Gama.

Textos de Teatro

Almada Negreiros – Deseja-se Mulher
Branquinho da Fonseca – Curva do Céu
Carlos Selvagem – Dulcineia ou a Última Aventura de D.Quixote
David Mourão-Ferreira – O Irmão
Fernando Amado – O Iconoclasta
Fiama Hasse Pais Brandão – Os Chapéus de Chuva
Jorge de Sena – O Indesejado
José Régio – O Meu Caso
José Saramago – In Nomine Dei
Lídia Jorge – A Maçon
Luísa Costa Gomes – Nunca Nada de Ninguém
Miguel Rovisco – Trilogia Portuguesa ( O Bicho, A Infância de Leonor de Távora, O
TempoFeminino)
Natália Correia – Erros Meus, Má Fortuna, Amor Ardente; O Encoberto
Romeu Correia – O Vagabundo das Mãos de Oiro
Vicente Sanches – A Birra do Morto
Yvette Centeno – As Três Cidras do Amor

Prosa
(Contos, novelas, romances)

Agustina Bessa Luís – Conversações com Dimitri e Outras Fantasias
Almada Negreiros – Nome de Guerra
Alves Redol – Barranco de Cegos
Aquilino Ribeiro – Os Caminhos Errados
 António Lobo Antunes – As Naus
David Mourão-Ferreira – Gaivotas em Terra; Os Amantes e Outros Contos
Dinis Machado – O Que Diz Molero
Eça de Queirós – Contos
Fernando Campos – O Homem da Máquina de Escrever; A Casa do Pó
Fernando Namora – Resposta a Matilde
Ferreira de Castro – A Selva
Herberto Helder – Os Passos em Volta
Hélia Correia – Montedemo
João Araújo Correia – Mãos Fechadas
João de Melo – Gente Feliz com Lágrimas
Jorge de Sena – O Físico Prodigioso
José Cardoso Pires – O Burro-Em-Pé; Jogos de Azar
José Gomes Ferreira – O Irreal Quotidiano; O Enigma da Árvore Enamorada (Divertimento em
forma de novela quase policial)
José Rodrigues Miguéis – Léah e Outras Histórias
Lídia Jorge – O Cais das Merendas
Luísa Costa Gomes – Contos Outra Vez; O Pequeno Mundo
Manuel Alegre – O Homem do País Azul
Manuel da Fonseca – O Fogo e as Cinzas
Maria Isabel Barreno – O Círculo Virtuoso
Maria Judite de Carvalho – Paisagem Sem Barcos
Maria Ondina Braga – A China Fica ao Lado
Mário de Carvalho – Contos da Sétima Esfera; Contos Vagabundos
Mário Dionísio – Dia Cinzento e Outros Contos; Monólogo a Duas Vozes
Mário-Henrique de Leiria – Contos do Gin-Tonic; Novos Contos do Gin
Sophia de Mello Breyner Andresen – Contos Exemplares
Urbano Tavares Rodrigues – As Aves da Madrugada
Vitorino Nemésio – O Mistério do Paço do Milhafre; A Casa Fechada
Vergílio Ferreira – Contos

(Crónicas, cartas, biografias, autobiografias, memórias, diários)

António Lobo Antunes – Livro de Crónicas
António Alçada Baptista – Peregrinação Interior
Aquilino Ribeiro – Abóboras no Telhado; Geografia Sentimental
Artur Portela Filho – A Nova Feira das Vaidades
Carlos de Oliveira – O Aprendiz de Feiticeiro
Fernando Namora – A Nave de Pedra; Diálogo em Setembro; Cavalgada Cinzenta
Fernando Pessoa – Cartas de Amor de Fernando Pessoa
José Gomes Ferreira – A Memória das Palavras ( ou O Gosto de Falar de Mim)
José Rodrigues Miguéis – Um Homem Sorri à Morte
José Saramago – Deste Mundo e do Outro
Maria Isabel Barreno – Novas Cartas Portuguesas (escritas em colaboração com Maria Velho
 da Costa e Maria Teresa Horta).
Maria Judite de Carvalho – A Janela Fingida
Oliveira Martins – A Vida de Nuno Álvares Pereira; O Príncipe Perfeito
Raul Brandão – A Morte do Palhaço e o Mistério da Árvore; Memórias

Ruben A. – O Outro Que Era Eu; As Páginas; O Mundo à Minha Procura
Enviar um comentário