Abrir e Ler

- Olá!
- Olá!
- Por favor, abre-te!
- Não posso!
- Porquê?
- Porque só tu com as tuas mãos e a tua força de vontade é que me podes abrir.
- Eu chamo-me Joana e tu? Como te chamas?
- Eu não me chamo mas as pessoas chamam-me Livro.
- Livro? Porquê livro?
- Não sei. Já há muito tempo que me o chamam.
- Tens mãe? Tens pai?
- Tenho.
- Porque estás sozinho?
- Porque fui feito para as pessoas iguais a ti. Aquelas que se interessam por histórias, fantasia, emoção e um bom sentido de humor.
- Então abre-te!
- Já disse que não posso e que só tu o podes.
- E como o faço?
- Pegas em mim, abres-me, vais até às páginas que estão escritas mas começas pela primeira, depois sentas-te num sitio confortável e lês.
- Só isso?
- Sim, um livro não é complicado, é fácil de se manusear, é leve e tem grandes histórias para contar, verdadeiras ou não,  têm todas uma mural que um dia te irá fazer uma pessoa melhor com boas qualidades e uma mente virada para a realidade, pois enquanto que tu lês haverão aquelas pessoas que não o fazem, e essas vivem na realidade que elas próprias construíram não a realidade que tu conheces e que o mundo vive mas sim aquela que inventam para se sentirem melhor.
- Ah, já percebi! Então todas as pessoas devem ler porque tornam-se melhores pessoas e tomam conhecimento da realidade.
- Sim. E agora o que vais fazer?
- Abrir-te e ... Ler.





Boas leituras :-)










Enviar um comentário